sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Nações Unidas mostraram-se imunes a "manobras mais ou menos estranhas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) sublinhou esta quarta-feira que as Nações Unidas mostraram-se imunes a "manobras mais ou menos estranhas" na eleição do seu líder, elogiando a candidatura de António Guterres, indicado como favorito para secretário-geral da entidade.

"É uma boa notícia, uma notícia que nos deve alegrar", vincou Catarina Martins, questionada em Lisboa, num comício do Bloco a propósito do 5 de Outubro, sobre a indicação de Guterres como favorito para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

E prosseguiu: "É uma boa notícia desde logo para as Nações Unidas, que conseguiram mostrar que são imunes a manobras mais ou menos estranhas", disse, numa alusão à candidatura da búlgara Kristalina Georgieva, surgida à última hora.

"Mais importante" que a nacionalidade de Guterres, sublinhou a bloquista Catarina Martins, "é que seja a opção indicada para o cargo", o que sucede, e o antigo primeiro-ministro português é um bom nome no reforço da "paz, cooperação e desenvolvimento" que as Nações Unidas promovem.

Lusa

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.