sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Conselho de Segurança afirma que Guterres "diz aquilo que pensa"

O presidente do Conselho de Segurança da ONU, que aprovou esta quinta-feira por aclamação António Guterres para próximo secretário-geral da organização, afirmou que o antigo primeiro-ministro português "diz aquilo que pensa".

"É uma pessoa que fala com toda a gente e que ouve toda a gente. Diz aquilo que pensa. É muito afável. Estou contente por recomendarmos Guterres", disse o embaixador russo, Vitaly Churkin.

A resolução aprovada esta quinta-feira propõe o nome de Guterres para um mandato de cinco anos, com possibilidade de ser renovado, confirmou o presidente do Conselho de Segurança.

O representante de Rússia, que tem a presidência do Conselho de Segurança durante o mês de outubro, enumerou mais qualidades do português para ter sido o escolhido.

"Primeiro, tem credenciais muito boas junto das Nações Unidas. Foi Alto-Comissário para os Refugiados por 10 anos, viajou pelo mundo, viu alguns dos mais hediondos conflitos que existem", disse.

Depois, acrescentou o diplomata russo, "é muito bom político, foi primeiro-ministro do seu país".

A resolução segue agora para aprovação na Assembleia Geral da ONU, onde deverá ser votado já na próxima semana.

O regulamento da ONU sugere uma votação à porta-fechada, mas isso não acontece desde 1971. O organismo tem optado por aprovar o nome do novo secretário-geral por aclamação.

O novo secretário-geral da organização substitui Ban Ki-moon e entra em funções a 1 de janeiro de 2017.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC