sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres "pode contar plenamente" com apoio da Alemanha

O governo da Alemanha afirmou esta quinta-feira que a escolha do antigo primeiro-ministro português António Guterres para secretário-geral da ONU é "uma excelente escolha", sublinhando que "pode contar plenamente com o apoio alemão".

"Regozijo-me com a decisão do Conselho de Segurança de indicar António Guterres como novo secretário-geral das Nações Unidas e gostaria de o felicitar calorosamente - esta é uma excelente escolha!", afirmou em comunicado o ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Frank-Walter Steinmeier.

O responsável alemão acrescentou esperar que Guterres tenha o "amplo apoio da Assembleia-geral e um mandato reforçado" para liderar a ONU, destacando "a experiência e personalidade" do ex-chefe do governo português para "conferir uma voz" à ONU.

"Num mundo que está fora dos eixos, o papel das Nações Unidas é mais importante do que nunca. António Guterres pode contar plenamente com o apoio alemão", garantiu.

O ministro alemão lembrou que "conhece e aprecia António Guterres e o seu trabalho extraordinário e muito empenhado como Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados".

"Nos últimos anos trabalhámos em conjunto de forma estreita e sempre num espírito de confiança", indicou.

O Conselho de Segurança da ONU escolheu hoje por unanimidade e aclamação o antigo primeiro-ministro português António Guterres como secretário-geral da organização.

A escolha do Conselho de Segurança, o principal órgão decisório das Nações Unidas, deverá agora ser ratificada pela assembleia-geral da organização.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14