sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Oposição búlgara exige demissão do PM após candidaturas falhadas a secretário-geral da ONU

Boyko Borissov, primeiro-ministro da Bulgária

© Eric Vidal / Reuters

Os partidos da oposição búlgaros exigiram esta quinta-feira a demissão do primeiro-ministro após o falhanço das duas candidaturas femininas apresentadas por Sófia à eleição para secretário-geral da ONU.

Kornelia Ninova, líder do Partido Socialista (BSP, oposição) considerou que o primeiro-ministro conservador Boyko Borissov "traiu o interesse nacional".

"O falhanço das duas candidatas constituiu o maior e rotundo falhanço da política externa búlgara" desde o comunismo, disse Solomon Passy, um antigo ministro dos Negócios Estrangeiros.

A candidata inicial da Bulgária era Irina Bokova, mas na semana passada Borisov decidiu subitamente substituir a chefe da UNESCO pela Comissária europeia Kristalina Georgieva.

Apesar de as duas candidaturas serem provenientes da Europa de leste e mulheres, considerados dois importantes critérios para esta eleição, 13 dos 15 membros do Conselho de Segurança da ONU optaram por apoiar na quarta-feira o antigo primeiro-ministro português António Guterres.

Os três partidos da oposição apelaram à demissão de Borisov e prevê-se que os socialistas avancem com uma moção de desconfiança no hemiciclo, mas que não deverá obter os votos necessários.

Borisov já rejeitou os apelos para a sua demissão e acusou Bokova de "insolência" por ter recusado abandonar a sua candidatura após o primeiro-ministro ter alterado a sua posição e anunciado o apoio a Georgieva.

O Conselho de Segurança da ONU, com poder de veto, deverá aprovar hoje a indicação do nome de António Guterres para a Assembleia-Geral das Nações Unidas, concretizando assim a eleição do sucessor de Ban Ki-moon.

O novo secretário-geral da organização entra em funções a 1 de janeiro de 2017.

Lusa

  • "Gratidão e humildade"
    2:10

    Guterres na ONU

    O futuro secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmou hoje em Lisboa que sente "humildade e gratidão" depois de o Conselho de Segurança ter indicado o seu nome, por unanimidade e aclamação, para liderar a ONU.

  • O momento da aclamação de Guterres
    0:33

    Guterres na ONU

    Pouco passava das 15:00, hora de Lisboa, quando o nome de Guterres foi oficialmente anunciado. O Conselho de Segurança das Nações Unidas escolheu por unanimidade e aclamação o antigo primeiro-ministro português como secretário-geral.

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.