sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Os desafios de António Guterres

Os desafios de António Guterres

A maior crise migratória do pós-guerra e o conflito na Síria são, muito provavelmente, os maiores desafios do mandato de António Guterres à frente das Nações Unidas. O isolamento internacional da Coreia do Norte e do seu programa nuclear também estarão na agenda do próximo secretário Geral da ONU que herda um planeta que poderá estar a caminho da auto-destruição.

  • Parlamento aplaude de pé aclamação de Guterres
    1:48

    Guterres na ONU

    O Parlamento português aprovou, por unanimidade, um voto de congratulação pela eleição de António Guterres. Da esquerda à direita, todos os partidos elogiaram as capacidades do antigo primeiro-ministro para dirigir as Nações Unidas. Os deputados aplaudiram de pé a indicação do conselho de segurança da ONU.

  • "Gratidão e humildade"
    2:10

    Guterres na ONU

    O futuro secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmou hoje em Lisboa que sente "humildade e gratidão" depois de o Conselho de Segurança ter indicado o seu nome, por unanimidade e aclamação, para liderar a ONU.

  • O perfil do próximo líder da ONU
    1:44

    Guterres na ONU

    Engenheiro eletrotécnico de formação, António Guterres foi secretário-geral do PS e primeiro-ministro de dois governos minoritários, de 1995 a 2002. Em 2005, foi nomeado para o cargo de alto-comissário das Nações Unidas para os refugiados, onde permaneceu durante 10 anos.

  • A vida política de António Guterres
    3:09

    Guterres na ONU

    Na primeira audição para o cargo, António Guterres lembrou o passado como primeiro-ministro para defender que está preparado para resistir a pressões e que não lhe falta capacidade de diálogo. Guterres liderou dois governos minoritários com um segundo mandato mais conturbado, que acabou com a sua demissão. Durante mais de seis meses como chefe de Governo, a diplomacia foi sempre um triunfo, com Guterres a destacar-se nos palcos internacionais.

  • SIC acompanhou visita de Guterres ao Quénia em 2010
    1:52

    Guterres na ONU

    Ao longo de 10 anos de mandato como alto comissário para os refugiados, António Guterres fez múltiplas visitas a campos de acolhimento. Em 2010, a SIC testemunhou a forma como Guterres encarava estas situações, ao acompanhar o português numa visita a um campo no norte do Quénia.

  • "É um homem com este perfil que o mundo precisa"
    1:08

    Guterres na ONU

    Várias personalidades elogiam António Guterres por ter chegado a um dos cargos do mundo mais importantes do mundo. Muitos depositam nele a esperança de que possa vir a ser decisivo em conflitos onde se fala português. O padre Vítor Melícias diz mesmo que "é um homem com este perfil que o mundo precisa".

  • Escolha de Guterres elogiada por todo o mundo
    3:11

    Guterres na ONU

    A escolha de António Guterres foi saudada de forma unânime em praticamente todo o mundo. Juncker diz estar extremamente satisfeito e Ramos-Horta fala em decisão sábia. Alemanha diz que Guterres é uma excelente escolha e o Reino Unido fala num candidato excecional. Também o Brasil, Angola e Moçambique elogiaram o português.

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC