sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Governo agradece aos EUA apoio à candidatura de Guterres

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, agradeceu esta segunda-feira aos Estados Unidos o apoio que deram "desde o início" à candidatura de António Guterres ao cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

Santos Silva falava numa iniciativa da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), dedicada às eleições presidenciais nos Estados Unidos, que decorreu hoje em Lisboa.

"Agora posso dizer e agradecer o apoio e a compreensão que deram desde o início à candidatura do engenheiro António Guterres", afirmou o chefe da diplomacia portuguesa, salientando a importância do apoio americano para o caráter "global" e "representativo" da candidatura do ex-primeiro-ministro português.

O Conselho de Segurança da ONU escolheu na quinta-feira por unanimidade e aclamação António Guterres como secretário-geral da organização, decisão que deverá ser ratificada na próxima quinta-feira pela Assembleia Geral da organização.

Sobre o ato eleitoral americano, o ministro português frisou, independentemente do nome do vencedor do escrutínio do próximo dia 08 de novembro, que o futuro Presidente americano terá de entender "a importância vital da ligação, da aliança atlântica".

Para Santos Silva, a futura administração americana "não deve hesitar em cultivar as ligações que mantém na Europa", numa referência, nomeadamente, à NATO e ao Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP, na sigla em inglês).

Já em relação a Portugal, seja quem for o novo hóspede da Casa Branca, o chefe da diplomacia portuguesa afirmou que os Estados Unidos podem contar com este "parceiro leal", não esquecendo a importante e total cooperação política, militar e científica mantida ao longo de várias décadas, numa menção à base das Lajes, na ilha Terceira, Açores.

Os Estados Unidos elegem a 08 de novembro o seu próximo Presidente, o 45.º da história norte-americana e o sucessor de Barack Obama, num ato eleitoral disputado pela primeira mulher candidata de um grande partido, Hillary Clinton (democrata), e pelo magnata do imobiliário Donald Trump (republicano).

  • Presidente do Conselho Europeu admite divergências com Trump

    Mundo

    O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, admitiu hoje que a reunião mantida em Bruxelas com o presidente norte-americano, Donald Trump, permitiu constatar pontos de concordância em várias áreas, mas também de discordância noutras, como clima, comércio e Rússia."

  • Mourinho volta a conquistar a Europa

    Liga Europa

    O Manchester United conquistou esta quarta-feira a Liga Europa pela primeira vez. Este foi o quarto título europeu para Mourinho, depois das conquistas da Taça UEFA, em 2002/03, e da Liga dos Campeões, em 2003/04 e 2009/10.

  • Mexicana vence ultramaratona a correr de sandálias e de saia

    Desporto

    Uma mexicana venceu uma ultramaratona de 50 quilómetros a correr de saia e sandálias de borracha. María Lorena Ramírez, de 22 anos, não é atleta profissional, nem recebeu treino específico para a Ultra Trail Cerro Rojo, prova que venceu, mas pertence à tribo Tarahumara, com uma longa e invulgar tradição de excelentes corredores.

    SIC

  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08