sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Ban Ki-moon diz que António Guterres é uma "escolha maravilhosa"

Ban Ki-moon diz que António Guterres é uma "escolha maravilhosa"

O ainda secretário-geral da ONU elogiou a escolha de António Guterres para suceder ao cargo. Ban Ki-moon disse esta quinta-feira que, além das qualidades que apresenta, alia a experiência no cargo de Alto-Comissário das Nações Unidas para os refugiados à carreira política que desempenhou em Portugal.

Ban Ki-moon sublinhou que Guterres - confirmado esta quinta-feira no novo cargo por aclamação da Assembleia-geral da ONU, reunida em plenário na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque - é "conhecido por todos" na organização internacional, que, aliás, "conhece por dentro".

Mas "é talvez mais conhecido onde contou mais, na linha da frente do conflito armado e do sofrimento humanitário", sublinhou Ban Ki-moon, referindo-se ao papel de Guterres enquanto alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados, cargo que ocupou durante dez anos.

"Os seus instintos políticos são os das Nações Unidas", frisou.

Ban Ki-moon - que chegou a manifestar a sua preferência por uma mulher para liderar a organização - frisou ter a certeza de que Guterres "reconhece a importância da capacitação das mulheres".

Uma parte da comunidade internacional apoiou o objetivo de fazer eleger uma mulher para liderar a organização, o que nunca aconteceu.

Tal não aconteceu, mas Ban Ki-moon não deixou de elogiar a escolha de Guterres e a forma como o processo de seleção do próximo secretário-geral foi feito.

Para felicitar o seu sucessor designado, o ainda secretário-geral sul-coreano recorreu ao espanhol "felicitaciones" e ao português "parabéns".

Ban Ki-moon está há uma década à frente das Nações Unidas, "o trabalho mais impossível do mundo", como dizia o norueguês Trygve Lie (no cargo no período 1946-1952).

Entre os críticos que o consideram o pior secretário-geral de sempre, com pouco carisma e fugindo de decisões difíceis, e os apoiantes do hábil negociador que liderou com estabilidade uma década complexa, o britânico The Telegraph perguntava, num artigo recente, se o mundo iria ter saudades de Ban, quando este deixar o cargo, antecipando que, "provavelmente, não".

Escolhido para liderar uma organização em crise, de confiança e recursos, com nove mil funcionários e um orçamento anual de cinco mil milhões de dólares (4,5 mil milhões de euros), Ban Ki-moon - que vai manter-se em funções até 31 de dezembro - surge agora como provável candidato à Presidência da Coreia do Sul, onde goza de grande popularidade.

Com Lusa

  • Não há aumentos salariais no Estado para o ano
    1:18

    Economia

    O ministro das Finanças confirma a alteração dos escalões de IRS em 2018. É uma das medidas prioritárias para o próximo ano, a par do descongelamento das carreiras na função pública. Numa entrevista à Antena 1, Mário Centeno admite que não vai haver aumentos salariais no Estado no próximo ano

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Julgamento de Pedro Dias só deve começar após as férias judiciais
    2:59

    País

    O Tribunal da Guarda vai juntar o homicídio de Liliane Pinto ao processo principal dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias será interrogado em julho, mas o julgamento só deve começar depois das férias judiciais. No interrogatório judicial de 10 de novembro do ano passado, Pedro Dias ficou em silêncio.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.