sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Barack Obama felicita António Guterres

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, felicitou na terça-feira António Guterres pela nomeação como secretário-geral das Nações Unidas.

Durante a conversa que mantiveram ao telefone, Barack Obama garantiu a António Guterres que os Estados Unidos vão continuar a trabalhar em estreita colaboração com as Nações Unidas, de acordo com um comunicado da Casa Branca.

António Guterres foi aclamado na passada quinta-feira como novo secretário-geral das Nações Unidas, numa sessão da Assembleia-geral da ONU que ratificou a escolha feita pelo Conselho de Segurança em 05 de outubro.

"O Presidente prometeu o apoio contínuo [dos Estados Unidos] aos esforços da ONU para responder a um vasto leque de desafios globais", refere a Casa Branca, invocando as alterações climáticas, o desenvolvimento sustentável, a ajuda humanitária, a prevenção de conflitos, a manutenção da paz ou ainda a promoção do respeito pelos direitos humanos.

Barack Obama "destacou igualmente a importância de se reforçar as reformas da ONU, incluindo garantir uma manutenção da paz eficaz e responsável e fortalecer e modernizar as instituições" da organização.

A Assembleia-geral das Nações Unidas realiza hoje um encontro informal com o secretário-geral designado, em que todos os Estados-membros poderão fazer intervenções.

O encontro informal será "uma oportunidade para uma interação inicial" com António Guterres, "para o apoiar na preparação para o cargo", indica o item de agenda da Assembleia-geral.

O encontro será também aberto a outros intervenientes, nomeadamente à sociedade civil, e transmitido pela Internet.

O antigo primeiro-ministro português vai assumir a liderança das Nações Unidas a 01 de janeiro de 2017, sucedendo a Ban Ki-moon.

Lusa

  • Comitiva portuguesa terminou visita à central de Almaraz

    País

    A visita técnica das delegações portuguesa e da Comissão Europeia à central nuclear de Almaraz, em Espanha, esta segunda-feira, já terminou. A visita começou por volta das 9h00, hora de Lisboa, e serviu para Portugal se inteirar sobre o funcionamento da central e sobre o projeto de construção de uma instalação para armazenamento de resíduos radioativos.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.