sicnot

Perfil

Telescópio Hubble

Hubble faz hoje 25 anos

Hubble faz hoje 25 anos

A NASA e a ESA comemoram hoje o 25º aniversário do telescópio espacial Hubble. Há um quarto de século que é graças a ele que nos chegam as mais impressionantes imagens do espaço.

  • Imagens recolhidas pelo Hubble geraram mais de 10 mil artigos científicos
    2:44

    Telescópio Hubble

    A NASA assinala esta sexta-feira uma data especial. Faz 25 anos que o telescópio Hubble foi enviado para órbita. Um feito que revolucionou a astrofísica e permitiu aos cientistas obter imagens únicas do Universo. Neste aniversário do Hubble, a NASA divulgou algumas das fotografias que o telescópio tem enviado para a Terra. As imagens recolhidas pelo telescópio geraram mais de 10 mil artigos científicos.

  • NASA divulga imagem inédita recolhida pelo telescópio Hubble a 559 km da Terra
    1:22

    Telescópio Hubble

    Trata-se de uma das mais incríveis invenções da Humanidade e faz esta quinta- 25 anos que foi enviado para o Espaço, à boleia do vaivém Discovery. O telescópio Hubble está a mais de 550 quilómetros da Terra e revolucionou a astrofísica e a forma como olhamos para o Espaço. Um projeto da NASA e da Agência Espacial Europeia, que recebeu o nome do astrónomo norte-americano Edwin Powell Hubble, conhecido pela descoberta das nebulosas, que afinal eram galáxias muito distantes, como a Via Látea. A substituição do Hubble já está em curso. O James Webb, o novo telescópio espacial, já tem data prevista de lançamento para 2018, como explica uma sénior projetista do Hubble, Jennifer Wiseman

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.