sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Quase dois terços dos deputados brasileiros pensam que Dilma será destituída do cargo

Quase dois terços (62%) dos deputados brasileiros pensam que a Presidente brasileira, Dilma Rousseff, acusada de forjar as contas públicas, será destituída pelo Congresso, segundo uma pesquisa de opinião publicada hoje pelo jornal O Dia.

© Adriano Machado / Reuters

"Em apenas três semanas, a percentagem quase triplicou", sublinhou Murilo Aragão, diretor da empresa de sondagens Arko Advice, que realizou a pesquisa, efetuada entre 15 e 17 de março, com 100 deputados (em 513) de 23 partidos brasileiros.

Na última pesquisa de opinião, realizada em fevereiro, somente 24,5% dos deputados entrevistados pensavam dessa maneira.

A Câmara dos Deputados aprovou, na quinta-feira, a constituição da comissão especial responsável pelo andamento do processo de destituição (impeachment) da Presidente do Brasil.

No processo de destituição, os parlamentares vão analisar se a Presidente Dilma Rousseff cometeu crimes de responsabilidade previstos na Constituição e na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Numa outra sondagem da empresa Arko Advice, realizada na quinta-feira, igualmente publicada hoje pelo jornal O Dia, mostra que a comissão especial está dividida: 32 membros aprovam a destituição, 31 são contra e dois estão indecisos.

Entretanto, "o panorama pode mudar muito rapidamente", advertiu Murilo Aragão.

Entre os brasileiros, as opiniões a favor da destituição da Presidente estão a crescer: a pesquisa Datafolha, publicada no sábado, indicou 68% da população - oito pontos a mais do que em fevereiro - é pelo 'impeachment'.

O Brasil vive atualmente uma grande crise política, com manifestações nas ruas, que teve o seu ponto alto com a nomeação do ex-Presidente Lula da Silva como ministro da Casa Civil de Dilma Rousseff, para que tivesse imunidade jurídica e, segundo a imprensa brasileira, assim travar a investigação de que é alvo da Justiça através da Operação Lava Jato que investiga um grande esquema de corrupção no país.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.