sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Brasil pede extradição de luso-brasileiro que quer ser julgado em Portugal

As autoridades brasileiras já pediram a extradição do cidadão luso-brasileiro Raul Schmidt Felipe Júnior, detido em Lisboa a 21 de março no âmbito da operação Lava Jato, que pretende ser julgado em Portugal.

"O pedido de extradição já foi formalizado e agora cabe ao tribunal português decidir", disse à agência Lusa fonte da Procuradoria da República do Paraná, onde decorre a investigação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção que envolve várias empresas, incluindo a gigante petrolífera estatal Petrobras.

De acordo com a mesma fonte, não há previsão de quando será tomada a decisão das instâncias judiciais portuguesas.

"O investigado Raul Schmidt apresentou manifestação formal de oposição à extradição", confirmou a mesma fonte, que, no entanto, não soube precisar os motivos na base desse desejo.

Segundo o Tribunal da Relação de Lisboa, que determinou a 22 de março a prisão preventiva para o investigado, estão em causa suspeitas de crimes de corrupção, branqueamento de capitais com repercussão transnacional e associação criminosa.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.