sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Bancos internacionais já só emprestam ao Brasil com garantias em dólares

Os grandes bancos internacionais já só emprestam aos bancos e empresas brasileiras se as garantias colaterais forem dadas em dólares, ou então optam mesmo por negar financiamento, noticiou hoje a agência financeira Bloomberg, citando fontes próximas das negociações.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© STRINGER Peru / Reuters

"As maiores empresas do Brasil, já a braços com uma crescente crise política e com a pior recessão do século, enfrentam outra nova ameaça: os bancos internacionais ou pararam de emprestar por completo ou estão a exigir colateral em dólares", escreve a Bloomberg.

A reticência dos bancos internacionais em emprestarem ao país adensou-se nos últimos dois meses, desde que as agências de notação financeira retiraram o estatuto de investimento ao Brasil, colocando-o na categoria de 'lixo'.

Este ano nenhuma empresa brasileira recebeu um empréstimo de um consórcio bancário, o que compara com os 12 mil milhões de dólares em empréstimos que foram recebidos nesta modalidade no ano passado, "e nenhum dos bancos ou empresas brasileiras emitiu títulos de dívida sem uma garantia em dólares desde julho", pormenoriza a Bloomberg.

Enquanto foram 45 os bancos internacionais que emprestaram dinheiro às empresas brasileiras que davam garantias em dólares no ano passado, este ano já só restam 20, de acordo com as fontes.

As restrições no crédito internacional ao país pode significar que os bancos preferem manter-se à margem do processo, pelo menos até surgirem sinais mais claros não só sobre o processo de destituição da Presidente brasileira, mas também sobre o que se vai seguir.

O apoio ao processo de destituição subiu de 60% para 68% entre fevereiro e março, segundo uma sondagem da Confederação da Indústria Nacional, divulgada na quarta-feira, um dia depois de o maior partido brasileiro ter anunciado a saída da coligação que sustenta o Governo no poder.

Uma das principais preocupações dos investidores estrangeiros é a possibilidade de o Governo desviar as reservas internacionais em dólares para financiar as medidas de estímulo à economia, que está no segundo ano de recessão, de acordo com as fontes ouvidas pela agência Bloomberg.

Lusa

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Baleia morta ao largo da Fonte da Telha, autoridades lançam alerta à navegação
    2:19

    País

    As autoridades maritimas lançaram um alerta à navegação ao largo da praia da Fonte da Telha, na Costa da Caparica, devido à presença de uma baleia morta. O animal de 15 metros está na zona da praia da Fonte da Telha e ao início da tarde estava a ser acompanhada por uma lancha da Marinha, como relatou o repórter da SIC, André Palma.

  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Rapper XXXTentacion morto em aparente tentativa de roubo

    Cultura

    O rapper norte-americano XXXTentacion, de 20 anos, morreu na noite de segunda-feira depois de ter sido baleado, na Florida, no sudeste dos Estados Unidos. Um dos suspeitos terá disparado e atingido o rapper e, de seguida, dois suspeitos fugiram numa viatura escura. A polícia está a considerar tentativa de roubo.