sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crime na Petrobras pode ter relação com morte de autarca do PT

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, referiu que o esquema de corrupção na Petrobras pode estar relacionado com a morte do prefeito de Santo André, Celso Daniel, do Partido dos Trabalhadores (PT), em 2002.

© Paulo Whitaker / Reuters

Num despacho em que determina a prisão temporária do empresário Ronan Maria Pinto citado hoje pela imprensa brasileira, o magistrado afirmou que "é possível" que o esquema de corrupção da Petrobras tenha comprado o silêncio do empresário, como alegou o operador Marcos Valério Fernandes de Souza, numa tentativa de delação premiada (prestação de informações importantes em troca de redução da pena).

Ronan Maria Pinto foi o beneficiário final de um empréstimo de 12 milhões de reais (cerca de 3 milhões de euros) do banco Schahin, sendo que Marcos Valério Fernandes de Souza terá dito que metade desse valor foi-lhe dado porque ele ameaçava envolver figuras do PT nas investigações do assassinato de Celso Daniel.

Segundo o juiz, o irmão do assassinado, Bruno José Daniel, revelou que, após o homicídio, "foi-lhe relatada a existência desse esquema criminoso e que envolvia repasses de parte dos valores da extorsão ao Partido dos Trabalhadores".

No despacho, o responsável pela Operação Lava Jato acrescentou que "o destinatário dos valores devidos ao Partido dos Trabalhadores seria (o ex-ministro) José Dirceu de Oliveira e Silva".

Em 2002, Celso Daniel era coordenador de campanha do então candidato Lula da Silva à Presidência e chegou a ser sequestrado e torturado, sendo as motivações da sua morte ainda uma incógnita.

O ex-Presidente Lula da Silva está a ser investigado no âmbito da Operação Lava Jato, que trata de um esquema de corrupção que envolve várias empresas, incluindo a petrolífera estatal Petrobras.

Lusa

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.