sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Relator do processo de destituição de Dilma entrega parecer hoje

O relator que analisa o pedido de destituição da Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, apresenta hoje o seu parecer sobre a denúncia que pode determinar o fim do Governo brasileiro. Jovair Arantes, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), foi o relator nomeado pelo Congresso para avaliar o processo.

© Adriano Machado / Reuters

Juntamente com o chefe da comissão especial que analisa o caso, Rogério Rosso, do Partido Social Democrata (PSD), Jovair Arantes anunciou que irá divulgar as suas conclusões hoje e que a votação final do documento acontecerá na próxima segunda-feira.

O relatório poderá ser aprovado ou rejeitado numa votação decidida por maioria simples dos 65 parlamentares que integram a comissão especial.

Se for aprovado e indicar que a Presidente deve ser retirada do cargo, o texto segue para o plenário da Câmara dos Deputados para ser votado.

Mas a situação política no Brasil terá mais episódios hoje, depois de o juiz do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio de Mello ter tomado uma decisão que obriga os parlamentares a formarem outra comissão especial para decidir se o vice-Presidente Michel Temer também será destituído.

Temer foi acusado de infrações semelhantes às cometidas por Dilma Rousseff, mas o caso havia sido arquivado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Mello, no entanto, determinou que não cabe a Cunha decidir sozinho se as acusações contra Temer têm ou não veracidade, mas a uma comissão parlamentar.

Cunha declarou que vai recorrer judicialmente da decisão do Supremo ainda nesta quarta-feira e classificou o despacho de Mello como uma ação "absurda".

Segundo o presidente da Câmara, a ordem significaria também que todos os pedidos de destituição já formalizados contra a Presidente da República teriam que ser analisados em uma comissão especial.

"Vamos passar a fazer na Câmara dos Deputados apenas votação de 'impeachment' todas as semanas", concluiu.

Com Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14
  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22