sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Brasil tem 58 milhões de pessoas com dívidas em atraso em março

O Brasil terminou o mês de março com 58 milhões de pessoas com dívidas em atraso, segundo um levantamento feito em conjunto pelo Serviço de Proteção ao Crédito e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

© Ricardo Moraes / Reuters

Os dados indicam que no mês passado, 700 mil pessoas entraram para a lista de pessoas com dívidas em atraso, valor que representa 7,5% mais do registado em março de 2015.

Aquele valor também é 1,2% maior do que o registo do mês de fevereiro.

Cerca de 4,2 milhões de novos devedores foram incluídos nas listas desde o início de 2015, quando o indicador apontava a existência de 54,6 milhões de registos de dívidas em atraso.

Em março, o incumprimento alcançou 39,64% da população com idade entre 18 e 95 anos.

A pesquisa também mostrou que as dívidas não pagas por segmento da economia tiveram maior aumento no segmento de contas básicas de água e luz.

"O aperto financeiro tem cada vez mais impacto na capacidade de pagamento até mesmo de contas básicas do dia-a-dia", explicou a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

A especialista finalizou a análise acrescentando que há vários meses as dívidas com os segmentos de serviços básicos para o funcionamento das residências tem crescido de modo substancial.

Lusa

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.