sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Ministro da Secretaria dos Portos brasileiro demite-se

O ministro da Secretaria dos Portos brasileira, Helder Barbalho, apresentou a demissão do cargo na quarta-feira, numa altura em que se verifica uma série de saídas no governo de Dilma Rousseff.

© Ueslei Marcelino / Reuters

Numa nota divulgada esta quarta-feira à noite, a Presidência informou que Helder Barbalho será substituído por Maurício Muniz, atual secretário do Programa de Aceleração do Crescimento.

A Presidência anunciou entretanto que para o lugar deixado por Eduardo Braga na liderança do Ministério de Minas e Energia irá, como "ministro interino, Marco Antônio Martins Almeida, atualmente secretário de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis".

Numa outra nota divulgada ao final do dia, a Presidência fez saber que o ex-ministro da Ciência e Tecnologia, Celso Pansera, não voltará ao cargo, "a pedido".

Na semana passada, Celso Pansera deixou o lugar para votar contra o pedido de "impeachment" (impugnação) da Presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, mas, segundo a imprensa brasileira, a Casa Civil tinha informado que ele retomaria o mandato na terça-feira, o que não aconteceu.

Com estas demissões, o Governo brasileiro contabiliza nove pastas tuteladas interinamente, de um total de 32 ministérios.

Após a aprovação do pedido de 'impeachment' da Presidente na Câmara dos Deputados, no domingo, cabe agora ao Senado apreciar o pedido.

Se o processo for aprovado, a Presidente será afastada do cargo, sendo interinamente substituída pelo vice-presidente, Michel Temer.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57