sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Ordem dos Advogados brasileira repudia declarações de deputado que enalteceu torturador

O conselho federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) repudiou hoje declarações do deputado Jair Bolsonaro, que no domingo homenageou um torturador durante a votação do pedido de impugnação do mandato da Presidente Dilma Rousseff.

© Ueslei Marcelino / Reuters

"Pela memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o pavor de Dilma Rousseff, pelo exército de Caxias, pelas Forças Armadas, pelo Brasil, acima de tudo, e por Deus, acima de tudo, o meu voto é sim", disse o deputado, na votação na Câmara dos Deputados.

Num comunicado, o conselho federal da OAB diz que "repudia de forma veemente" estas declarações, de uma "clara apologia a um crime ao enaltecer a figura de um notório torturador".

Para a OAB "não é aceitável que figuras públicas, no exercício de um poder delegado pelo povo, utilizem a imunidade parlamentar para fazer esse tipo de manifestação num claro desrespeito pelos direitos humanos e pelo Estado Democrático de Direito".

O conselho federal da OAB informa ainda no comunicado que "irá avaliar o caso na sua próxima sessão plenária".

Carlos Brilhante Ustra, morto no ano passado, foi chefe do 'Doi-Codi' de São Paulo, um dos mais sangrentos centros de tortura do regime militar.

Na terça-feira, o presidente da OAB no Rio de Janeiro, Felipe Santa Cruz, afirmou que a aquela secção irá recorrer ao Supremo Tribunal Federal e, se necessário, à Corte (tribunal) Interamericana de Direitos Humanos, para pedir a cassação do mandato de deputado de Jair Bolsonaro, do Partido Social Cristão (PSC).

Segundo a imprensa brasileira, Felipe Santa Cruz disse também que a Ordem solicitará ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados que o discurso do deputado ali seja apreciado.

Lusa

  • PSOE apresenta moção de censura contra Mariano Rajoy

    Mundo

    O PSOE apresenta hoje uma moção de censura contra o presidente do governo, Mariano Rajoy. A notícia está a ser avançada pelos meios de comunicação social espanhóis. Em causa está a condenação judicial de vários dirigentes do Partido Popular no caso de corrupção, conhecido como "Gurtel".

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Pelo menos 50 mortos em naufrágio na RD Congo

    Mundo

    Cinquenta corpos foram resgatados depois que um barco ter naufragado num rio no noroeste da República Democrática do Congo (RDCongo) na quarta-feira, de acordo com um relatório oficial entregue hoje à Agência France Presse (AFP).

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC