sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Rousseff promete lutar "em todas as trincheiras" contra destituição

A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, prometeu na quarta-feira que vai lutar "em todas as trincheiras" para evitar a sua destituição, após o início do processo de "impeachment" no Senado.

Dilma Rousseff viaja hoje para Nova Iorque para denunciar junto da ONU que é alvo de um "golpe" de Estado.

Dilma Rousseff viaja hoje para Nova Iorque para denunciar junto da ONU que é alvo de um "golpe" de Estado.

Eraldo Peres

Numa conferência de imprensa com bloggers de esquerda, Rousseff reiterou que o processo sobre a sua destituição é um "golpe" de Estado e uma "eleição indireta transvestida", segundo excertos da entrevista divulgados pelo Palácio do Planalto.

A Presidente disse que quem a quer substituir "e conspirou para isso" - numa alusão ao vice-presidente Michel Temer - carece de legitimidade, já que "a única forma de se legitimar em democracia é através do voto popular".

Rousseff reiterou que neste processo "está em jogo a democracia" e, por isso, garantiu que lutará "em todas as trincheiras" e irá "onde for necessário" com o objetivo de "derrotar esse golpe".

A Presidente brasileira viaja hoje para Nova Iorque, onde, na sexta-feira, denunciará junto da ONU que é alvo de um "golpe" de Estado.

A viagem de Rousseff a Nova Iorque tem como propósito a assinatura do Acordo de Paris sobre as Alterações Climáticas, em cujas negociações o Brasil participou ativamente, mas a ocasião servirá para a Presidente expor a crise em que o país se encontra.

Lusa

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17