sicnot

Perfil

Operação Lava Jato

Dilma foi à ONU dizer que o Brasil está atravessar por um momento grave

Dilma foi à ONU dizer que o Brasil está atravessar por um momento grave

Na assinatura do acordo do clima, na ONU em Nova Iorque, Dilma Rousseff referiu-se ao processo de que está a ser alvo mas sem as críticas à oposição que se esperava. No discurso a Presidente falou apenas num grave momento que o Brasil atravessa e agradeceu todas as expressões de solidariedade. Depois de discursar Dilma Rousseff falou aos jornalistas e disse que o impeachment não tem fundamento legal.

  • Dilma diz que destituição não tem fundamento legal
    0:40

    Operação Lava Jato

    Dilma Rousseff disse, esta noite, em Nova Iorque, que o processo de destituição de que está a ser alvo é um claro golpe porque não tem qualquer fundamento legal. A Presidente do Brasil respondeu assim aos jornalistas que insistiram que falasse do processo já que durante o discurso - na sede da ONU - Dilma apenas se referiu à crise política como um grave momento que o país atravessa.

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.