sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Dilma reafirma que processo de destituição é liderado por "corruptos"

A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, afirmou hoje que o processo de destituição que enfrenta está a ser liderado por parlamentares corruptos, enquanto contra si não pesa qualquer acusação de ter recebido dinheiro ilegalmente.

Mark Lennihan

"Eles são acusados [na Justiça], eu não tenho nenhuma acusação. A coisa mais estranha é que quem me julga é corrupto", afirmou Dilma Rousseff durante uma cerimónia de entrega de casas populares do programa Minha Casa Minha Vida, na cidade de Salvador.

Dilma Rousseff reiterou que o processo de impugnação do mandato presidencial, que poderá levar à destituição, equivale a um "golpe".

Sem citar nomes a Presidente brasileira frisou que "eles" querem reduzir os montantes destinados aos programas sociais, de saúde e educação.

Dilma Rousseff está a ser acusada de cometer crime de responsabilidade porque teria empregado manobras fiscais para melhorar o resultado das contas públicas e também por ter autorizado despesas extras sem pedir autorização do Congresso.

O pedido de impugnação do mandato presidencial foi aprovado em 17 de abril na Câmara dos Deputados (câmara baixa baixa do parlamento) e enviado para o Senado (câmara alta).

Hoje, 21 membros do Senado iniciaram os trabalhos de uma comissão especial que vai analisar o caso.

Após ouvir as partes e fazer um relatório, esta comissão realizará uma votação que pode afastar Dilma Rousseff do cargo por 180 dias até ao julgamento final do processo.

Lusa

  • O dia em que o Brexit começa
    1:25

    Brexit

    A primeira-ministra britânica já assinou a carta que vai enviar ao Conselho Europeu para formalizar a vontade do Reino Unido de sair da União Europeia. O artigo 50.º do Tratado de Lisboa será ativado nas próximas horas. Na véspera, Theresa May recebeu da Escócia um novo contratempo político.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Governo vai dar mais meios à investigação criminal
    2:34

    País

    A ministra da Justiça garante que o Governo vai dar mais meios à investigação criminal, mas assegura que não vai mexer nos prazos dos inquéritos. A questão tem sido insistentemente levantada pela defesa de José Sócrates, que se queixa de que a Operação Marquês já ultrapassou todos os prazos.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.