sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Dilma Rousseff quer antecipar eleições presidenciais

Dilma Rousseff vai propor ao Congresso a antecipação das presidenciais para 2 de outubro, de forma a evitar a destituição.

© Paulo Whitaker / Reuters

A medida implica uma emenda constitucional que tem de ser votada no Congresso e, é considerada a última cartada de Dilma Rousseff, a uma semana do Senado analisar o pedido de destituição.

A ideia de antecipar as eleições e encurtar o mandato presidencial foi inicialmente apresentada por um grupo de mais de 30 senadores, há cerca de duas semanas. Numa altura em que o Senado pode confirmar a destituição, a presidente do Brasil pretende assim angariar a simpatia do grupo de senadores.

De acordo com uma sondagem, nesta altura, 62% dos brasileiros estão insatisfeitos com o processo de destituição, preferindo a convocação de eleições para resolver a crise política no Brasil.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.