sicnot

Perfil

Crise no Brasil

As novas caras do processo de destituição da Presidente do Brasil

As novas caras do processo de destituição da Presidente do Brasil

Há caras novas no processo de destituição da Presidente brasileira. Fique a conhecer melhor os envolvidos na decisão de destituir Dilma Rousseff.

  • Dilma diz que nunca teve intenção de bloquear a Operação Lava Jato
    0:50

    Crise no Brasil

    Dilma Rousseff diz que nunca tentou nem teve intenção de bloquear a operação Lava Jato. A Presidente do Brasil reagiu às acusações feitas por um senador e disse que já pediu para ser investigada a origem da fuga de informação. Dilma disse que o timing da revelação - dias antes do processo de destituição de que é alvo ser discutido no Senado - é revelador de que há um claro interesse em levantar suspeitas e envolvê-la nos escândalos que correm na justiça brasileira.

  • Dilma Rousseff garante aos brasileiros que não vai desistir
    0:27

    Mundo

    A Presidente do Brasil acaba de dizer aos brasileiros que não desiste. Dilma Rousseff falou para um auditório de mulheres, um discurso de agenda e preparado, mas em que no final não deixou de se referir ao processo de destituição de que está a ser alvo e de dizer que se considera vítima de uma injustiça.

  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Um discurso histórico com os pedidos de sempre
    2:30

    País

    Jerónimo de Sousa voltou este domingo a pedir a renegociação da dívida e a saída de Portugal do euro. Num discurso historicamente curto, apenas 15 minutos, no encerramento do Congresso do PCP, o reeleito secretário-geral comunista anunciou que o aumento dos salários e a reversão das alterações à legislação laboral são duas prioridades para os próximos tempos.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.