sicnot

Perfil

Operação Lava Jato

"O que está em jogo é o futuro do Brasil"

"O que está em jogo é o futuro do Brasil"

Dilma Rousseff, a Presidente brasileira com mandato suspenso depois de hoje ter sido afastada temporariamente do cargo pelo Senado, pediu ao povo para se manter mobilizado em defesa da democracia. Em tom quase de campanha, fez já um balanço dos últimos anos de governação do PT e disse que o que está em jogo no processo de destituição, é antes de mais, o respeito pelo presente, pelo passado e pelo futuro do Brasil.

"Mantenham-se mobilizados, unidos e em paz. A luta pela democracia não tem data para terminar. É luta permanente (...) Nós vamos vencer", disse, depois de ter sido notificada da decisão do Senado.

O Senado aprovou hoje a instauração do processo de impeachment de Dilma Rousseff, com 55 votos a favor e 22 contra.

Michel Temer é, desde hoje, Presidente interino do Brasil depois de Dilma Rousseff ser afastada temporariamente por um prazo máximo 180 dias, por suspeitas de irregularidades orçamentais, com despesas não autorizadas.

Durante este período, o Senado irá julgar Dilma Rousseff num processo presidido por um juiz do Supremo Tribunal de Justiça mas a chefe de Estado só será afastada definitivamente se for condenada por uma maioria de dois terços dos eleitos naquele órgão.

Com Lusa

  • Dilma diz-se vítima de "fraude" e de "golpe"
    1:10

    Operação Lava Jato

    Dilma Rousseff voltou hoje a repetir que está a ser vítima de fraude e de um golpe político. Na declaração ao país, a Presidente brasileira agora afastada acusou a oposição de sempre a ter tentado destituir, criando instabilidade política e impedindo o desenvolvimento económico do Brasil.

  • "Vai ser uma batalha forte e dura"
    2:51
  • A tática dos 3 Rs de Carlos Queiroz
    1:58
  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.