sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Presidente interino brasileiro quer melhorar gastos públicos e atrair investimento privado

Michel Temer afirmou hoje, no seu primeiro discurso como presidente interino do Brasil, que quer melhorar os gastos públicos e o ambiente para atrair investidores de forma a travar a recessão e o desemprego.

Antonio Lacerda

Após dar posse a 22 ministros, Michel Temer referiu que é preciso "estancar o processo de queda livre da atividade económica", "melhorar o ambiente para o setor privado" e "dar eficiência aos gastos públicos".

Michel Temer é, desde hoje, presidente interino do Brasil depois de Dilma Rousseff ser afastada temporariamente pelo Senado (câmara alta) por um prazo máximo de 180 dias, por suspeitas de irregularidades orçamentais, como despesas não autorizadas.

Durante este período, o Senado irá julgar Dilma Rousseff num processo presidido por um juiz do Supremo Tribunal de Justiça mas a chefe de Estado só será afastada definitivamente se for condenada por uma maioria de dois terços dos eleitos naquele órgão.

Lusa

  • Michel Temer na Presidência do Brasil por seis meses
    2:43

    Crise no Brasil

    O Brasil tem um novo Presidente: Michel Temer. Com o afastamento de Dilma Rousseff o vice assume o cargo interinamente, até à condenação ou absolvição da chefe de Estado. A liderar o PMDB, o Presidente interino é visto como um político astuto e experiente, que também está nomeado em esquemas de corrupção. Tem 75 anos e não se pode candidatar a eleições nos próximos oito anos. Com algumas manobras orçamentais, muitos temem que o novo Presidente abandone as políticas sociais.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.