sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Lula da Silva diz que se arrepende dos casos de corrupção

O ex-presidente do Brasil, Lula da Silva, afirmou hoje que se arrepende dos casos de corrupção e classificou de "imoral" o julgamento político feito à presidente Dilma Rousseff, que tem o mandato suspenso.

© Paulo Whitaker / Reuters

Numa entrevista ao programa "Informe Semanal" da Televisão Espanhola (TVE), Lula da Silva lamentou a perda de popularidade do Partido dos Trabalhadores (PT), de Dilma Rousseff e de ele próprio, além de não descartar a possibilidade de voltar a candidatar-se à presidência brasileira.

"Quando terminei o meu mandato, nem a oposição falava mal de mim. O legado da relação entre o Governo e a sociedade é o que mais me orgulha. Há gente que me odeia porque os pobres começaram a viajar de avião, a comprar carros", disse o ex-presidente brasileiro.

Lula da Silva manifestou-se também arrependido dos casos de corrupção, sublinhando que "as denúncias de corrupção contra o PT mancham muito o partido".

"Há uma disposição para criminalizar o PT. O povo brasileiro sabe que nem tudo o que diz a imprensa é verdade", referiu, adiantando que a democracia brasileira "foi ferida de morte".

Lula da Silva sublinhou que o "impeachment" está na Constituição, mas foi imoral aplicá-lo à presidente Dilma Rousseff, com o mandato suspenso por 180 dias.

Sobre o seu futuro e a possibilidade em recandidatar-se à presidência brasileira, Lula da Silva disse que tal poderá acontecer se passar a existir uma política "capaz de destruir tudo" o que o seu Governo fez pela inclusão social.

Na entrevista à TVE, o presidente manifestou-se ainda preocupado com a situação na Venezuela e destacou a relação "muito estreita" que teve com Hugo Chávez.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.