sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Movimento Sem Teto ocupa prédio da Presidência da República em São Paulo

Elementos do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) ocuparam, hoje, o prédio da Presidência da República em São Paulo, em protesto contra o governo do Presidente interino, Michel Temer.

© Paulo Whitaker / Reuters

O grupo promete ficar no prédio, situado na Avenida Paulista, a principal artéria da cidade, até que o Presidente em exercício retome as contratações de cerca de 11,5 mil moradias do programa Minha Casa, Minha Vida - Entidades.

O programa foi criado em 2009 para tornar a moradia acessível às famílias organizadas em cooperativas habitacionais, associações e demais entidades privadas sem fins lucrativos.

Segundo o portal da Internet do jornal Valor Económico, integrantes do movimento gritaram "não tem arrego, ou tira o Temer ou não vai ter sossego" e "aqui tem um bando de louco, louco por moradia".

Segundo o líder do movimento, Guilherme Boulos, citado pelo mesmo jornal, o protesto é contra o governo interno, considerado pelos movimentos sociais como golpista, tendo em conta que Michel Temer chegou ao poder na sequência da aprovação do pedido de destituição da Presidente com mandato suspenso, Dilma Rousseff.

Há quase dez dias, os sem-teto fizeram uma manifestação defronte da casa de Michel Temer em São Paulo, sendo expulsos com jatos de água e bombas de efeito moral.

"É uma resposta à repressão do governo. Fomos tirados de forma violenta e ilegal", acrescentou.

Outras entidades da Frente Povo Sem Medo também participam no protesto, que já motivou a chegada de polícias militares ao local para reforçar a segurança.

Em Salvador, um grupo ocupa a Secretaria do Património da União desde terça-feira, pedindo a saída do Presidente interino e exigindo a continuação de programas sociais, como o Minha Casa Minha Vida, noticia a imprensa local.

Desde que tomou posse a 12 de maio, o governo interino tem sido alvo de diversos protestos e ocupações com diferentes motivações, incluindo contra a extinção do Ministério da Cultura, uma decisão que foi entretanto revogada.

Ainda assim, a ocupação pacífica do Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Centro de Manaus já leva uma semana, segundo o portal de Internet G1.

Os manifestantes defendem a criação da Lei de Incentivo Municipal à Cultura e querem chamar a atenção para a valorização da produção artística e cultural.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.