sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Comissão do Senado repõe prazos do processo de destituição de Dilma Rousseff

O presidente da comissão especial do Senado brasileiro que analisa o pedido de destituição da Presidente Dilma Rousseff, atualmente com mandato suspenso, recuou hoje na decisão de reduzir os prazos da tramitação do processo.

© Ueslei Marcelino / Reuters

O prazo para a apresentação das alegações finais da acusação e da defesa, mantém-se em 15 dias, depois de ter sido reduzido para cinco dias, o que gerou críticas, inclusive por parte do Presidente do Senado, Renan Calheiros, e levou a defesa de Dilma Rousseff a recorrer da decisão junto do Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente da comissão especial do Senado, Raimundo Lira, disse hoje que não voltou atrás por "pressões externas", e que a decisão foi "absolutamente pessoal" baseada no processo de destituição do ex-presidente Fernando Collor em 1992, que teve 15 dias para alegações finais da defesa e 15 dias para acusação.

Dilma Rousseff tem o mandato suspenso, desde 12 de maio, por um período de até 180 dias, durante o qual será julgada pelos senadores.

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.