sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

PGR pede que investigação contra Lula passe para juiz da Lava Jato

O procurador-geral da República do Brasil pediu na sexta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) para enviar ao juiz Sérgio Moro uma investigação relativa à suposta participação do ex-Presidente Lula da Silva em esquemas de corrupção.

© Nacho Doce / Reuters

Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, conduz a operação Lava Jato, que apura desvios milionários de dinheiro da petrolífera estatal brasileira Petrobras.

O juiz, considerado muito severo, desperta temor entre os políticos brasileiros, por já ter condenado dezenas de pessoas, incluindo empresários poderosos, envolvidos nos casos de corrupção da petrolífera.

A acusação contra Lula da Silva que pode ser transferida do STF para o juiz do Paraná baseia-se em declarações do ex-senador Delcídio do Amaral, que disse, num depoimento, que o ex-Presidente tentou evitar que um delator colaborasse com a Operação Lava Jato.

O procurador-geral, Rodrigo Janot, também pediu que investigações contra o próprio Delcídio Amaral sejam remetidas para Moro, já que o ex-senador perdeu o foro privilegiado (prerrogativa constitucional do Brasil que diz que os parlamentares só podem ser julgados e investigados pelo STF).

Esta é a primeira vez que a Procuradoria-Geral da República (PGR) solicita que um inquérito contra o ex-Presidente passe para as mãos de Sérgio Moro.

As outras investigações da Lava Jato contra Lula da Silva, que envolvem a suposta posse de uma quinta na cidade de Atibaia e de um apartamento de luxo no Guarujá, propriedades que o Ministério Público diz que são do ex-Presidente, mas que estão em nome de outras pessoas, continuam a ser analisadas no STF.

Em comunicado divulgado em sua página na internet, o Instituto Lula alegou que "o ex-Presidente já esclareceu ao Ministério Público, em depoimento no dia 7 de abril, que são falsas as afirmações do réu confesso Delcídio Amaral".

"E já respondeu a essa falsa denúncia, perante o Supremo Tribunal Federal, no dia 27 de maio", acrescenta.

A nota aponta, ainda, "a repetição dessa notícia, velha, requentada, no momento em que o Governo golpista de Michel Temer [Presidente interino] é repudiado pela população brasileira".

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC