sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Lula da Silva recorre para manter investigação no Supremo

O ex-Presidente do Brasil Lula da Silva recorreu hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF) do país para manter o seu processo naquela entidade, depois de ter sido determinado o envio das investigações para o juiz Sérgio Moro.

© Stringer . / Reuters

Na petição, os advogados pedem que o magistrado Teori Zavascki ou o plenário do STF revejam a decisão que enviou as investigações sobre o ex-Presidente para o juiz responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância em Curitiba, no estado do Paraná.

Entre as investigações em curso está o apuramento sobre se Lula da Silva é ou não dono de uma quinta em Atibaia e outra sobre um apartamento no Guarujá, ambos imóveis que receberam remodelações financiadas por construtoras investigadas na Operação Lava Jato.

A Lava Jato investiga o maior esquema de corrupção do país, que envolve várias empresas, entre elas a estatal Petrobras, e políticos de vários partidos.

Em março, o juiz Sérgio Moro determinou a condução coercitiva (quando o investigado é levado a depor) de Lula da Silva para explicar as suspeitas envolvendo os dois casos.

Os advogados querem também que o tribunal envie para o Ministério Público Federal a decisão de Teori Zavascki que aponta ilegalidade na divulgação de escutas telefónicas envolvendo Lula da Silva, para avaliar se não cabe denúncia contra o juiz Sérgio Moro por abuso de autoridade e interceção ilegal.

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.