sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Romário pretende candidatar-se a presidente da Câmara do Rio de Janeiro

O antigo futebolista brasileiro Romário, atual senador, anunciou hoje que pretende candidatar-se a presidente da Câmara do Rio de Janeiro, no final do ano, pelo Partido Socialista (PSB).

© Ueslei Marcelino / Reuters

"Quando me candidatei ao lugar de senador, em 2014, muitos falaram da minha falta de experiência, o que até era verdade, mas conjuntura politica atual mostra que os mais experientes estão em vias de ir para a prisão, e essa experiência não a quero ter", declarou Romário, durante uma conferência de imprensa no Rio de Janeiro.

O 'baixinho' aludiu ao inquérito 'Lava Jacto' que fez emergir uma vasta rede de corrupção envolvendo o gigante petrolífero Petrobrás, que já levou à prisão de numerosos homens de negócios e de altos responsáveis políticos.

A 13 de junho passado, o Procurador da República solicitou ao Supremo Tribunal que inquirisse Romário, que tem feito da corrupção o seu 'cavalo de batalha', sobre um alegado donativo de 100 mil reais (26 mil euros) para a sua campanha eleitoral em 2014, por parte da empresa Oderbrecht, implicada no escândalo Petrobrás.

"Muitas coisas negativas sobre a minha conduta vão aparecer, mas posso afirmar que não dou nada a ninguém. Sei que será uma luta difícil, mas a minha vida nunca foi fácil", disse Romário, que cresceu na zona norte do Rio de Janeiro onde a pobreza reina.

A candidatura de Romário para substituir o atual presidente da Câmara do Rio, Eduardo Paes, do partido PMDB, de centro-direita, atualmente no poder, terá de ser ainda ratificada pelo seu partido, o PSB, de centro-esquerda.

Em maio passado, Romário pronunciou-se a favor da abertura de uma processo à Presidente Dilma Roussef no âmbito do processo de destituição que levou à suspensão das funções que exercia.

Lusa

  • Défice cai 1.900 milhões até agosto

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 2.034 milhões de euros até agosto, uma "melhoria de 1.901 milhões" face ao mesmo período de 2016, segundo o Governo, que justifica com aumento superior a 4% da receita.

  • Coreia do Norte acusa Trump de declarar guerra

    Mundo

    A Coreia do Norte acusou hoje o Presidente norte-americano de ter "declarado a guerra". O chefe da diplomacia norte-coreana ameaçou abater todo e qualquer bombardeiro dos EUA que se aproxime do território.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Criar galinhas na cozinha, guerras no fogão, e drones dentro de casa
    7:28
  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.