sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Mais de 20 mortes no Rio de Janeiro em operações policiais em junho

A Amnistia Internacional (AI) denunciou hoje que pelo menos 23 pessoas morreram nos primeiros 24 dias de junho durante operações policiais nas favelas do Rio de Janeiro, pouco mais de um mês antes dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

(Arquivo)

(Arquivo)

REUTERS

"Nos últimos dez anos, o Rio de Janeiro sediou três eventos desportivos importantes e cada vez que isso aconteceu, observou-se um aumento de mortes cometidas por agentes da polícia", declarou Renata Neder, conselheira de direitos humanos da AI.

Renata Neder fez a denúncia durante uma conferência realizada em Genebra pelo Conselho de Direitos Humanos (CDH), da ONU.

Segundo a AI, em 2007 quando a cidade se preparava para receber os Jogos Panamericanos o número de mortes durante operações policiais aumentou 20% em relação ao ano anterior, alcançando o recorde de 1.330 homicídios.

Nos anos seguintes, o número de mortes caiu progressivamente, mas voltou a aumentar em 2014, coincidindo novamente com um evento esportivo de grande magnitude, neste caso, o Mundial de Futebol.

"Então (em 2014) as mortes voltaram a aumentar em 40% (até 580 homicídios) na região do Rio de Janeiro. No estado de São Paulo, onde jogos da Copa do Mundo também foram disputadas, o número de pessoas mortas pela polícia aumentou 80%", disse Renata Neder, acrescentando que a mesma tendência se verifica agora, com o número de mortes sob custódia da polícia a aumentar mais uma vez.

Em declarações à agência Efe, Neder disse que, embora a AI tivesse constatado 23 assassinatos através de fontes próprias (tais como a imprensa ou contatos em favelas), a organização receia que as autoridades publiquem um número muito maior.

"Em abril deste ano, pelas nossas fontes foram registados 11 assassínios, enquanto o número oficial era de 35. As autoridades já deveriam ter publicado os dados de maio e teria que publicar os de junho em breve também, mas eles estão a atrasar a divulgação e acreditamos que isto ocorre porque houve um aumento", concluiu a especialista em direitos humanos.

Lusa

  • Senegal surpreende e vence a Polónia por 2-1

    Mundial 2018 / Polónia

    O Senegal venceu hoje a Polónia por 2-1 num jogo a contar para o grupo H do Mundial da Rússia. Na primeira parte, os "leões de Teranga" beneficiaram de um golo na própria baliza marcado por Thiago Cionek aos 37 minutos. A vantagem no marcador veio trazer estabilidade ao Senegal que conseguiu firmar a superioridade com um golo de M´Baye Niang aos 60 minutos. Perto do final do jogo, o polaco Grzeg Krychowiak marcou na baliza de Khadim N'Diaye, mas foi insuficiente para derrotar o Senegal.

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Achilles, o gato que adivinha os resultados do Mundial
    0:44

    Desporto

    Depois do polvo Paul no Mundial de 2010 e do elefante Zella no Europeu de 2016, este ano, o gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. O felino acertou na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita e já fez a aposta para a partida entre os russos e o Egipto, que decorre esta terça-feira, a partir das 19:00.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

    SIC

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • Morreu o orangotango mais velho do mundo

    Mundo

    O orangotango mais velho do mundo morreu aos 62 anos no jardim zoológico de Perth, no norte da Austrália, deixando 54 descendentes, anunciou esta terça-feira a instituição.

  • Milionários aumentam... e as suas fortunas também

    Mundo

    O número de milionários mundiais cresceu em 2017 e o seu nível de riqueza aumentou pelo sexto ano consecutivo, ultrapassando pela primeira vez os 70 biliões de dólares (60,5 biliões de euros), segundo um estudo divulgado esta terça-feira.