sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Pedidos de falência no brasil aumentaram 26,5% no primeiro semestre

Os pedidos de falência no Brasil aumentaram 26,5% no primeiro semestre em relação ao período homólogo do ano anterior, segundo dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) divulgados hoje.

De acordo com os dados disponibilizados numa nota no site da Boa Vista SCPC, que não incluem números de empresas, mas somente percentagens, em junho, o número de pedidos de falências aumentou 20,2% na comparação mensal.

Quanto às falências decretadas, houve uma alta de 11,3% nos primeiros seis meses em relação ao período equivalente de 2015, mas um recuo de 15,6% relativamente ao mês anterior.

Já os pedidos de recuperação judicial para evitar falência e as recuperações judiciais deferidas durante o semestre subiram 113,5% e 118%, respetivamente.

"A fraca atividade económica e os elevados custos atingiram fortemente o caixa das empresas ao longo de 2015, e os pedidos de falência fecharam aquele ano com crescimento de 16,4%. Já as recuperações cresceram 51,0%. A tendência de alta não só continuou como se intensificou neste primeiro semestre do ano", lê-se na nota.

Os autores do documento alertam que "sem previsão de mudança no cenário macroeconómico em 2016, os indicadores parecem conservar, de forma mais intensa, a tendência observada ao longo de 2015".

Os dados mostram ainda que as pequenas empresas representam a maior parte dos pedidos de falências, das falências decretadas, dos pedidos de recuperação judicial, bem como das recuperações judiciais concedidas.

"O setor de serviços foi o que representou mais casos nos pedidos de falência (40%), seguido do setor industrial (34%) e do comércio (26%)", segundo a nota.

Para além de uma longa recessão, o Brasil assiste a um aumento do desemprego, numa altura em que a instabilidade política, com a Presidente com mandato suspenso, Dilma Rousseff, a ser alvo de um processo de destituição, não está a ajudar a economia.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

    Em desenvolvimento

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.