sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

PGR pede ao Supremo Tribunal Federal prisão de ex-ministro de Lula e Dilma

O Procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do magistrado da instituição Dias Toffoli que, em junho, mandou soltar o ex-ministro Paulo Bernardo.

Na reclamação assinada segunda-feira e entregue no dia seguinte, Rodrigo Janot defendeu que, caso a decisão de Dias Toffoli não seja reconsiderada, a ação seja levada para apreciação da Segunda Turma do Supremo, composta por cinco magistrados.

Para o procurador, a decisão de Dias Toffoli "violou o devido processo legal", que antecipou uma decisão contra um ato da Justiça de primeiro grau.

No texto, o PGR alegou que o recurso deveria ter sido levado a outras instâncias, antes de chegar ao STF, e recordou casos anteriores, semelhantes ao de Paulo Bernardo, em que os pedidos foram recusados.

Rodrigo Janot sublinhou também que, em casos anteriores, o magistrado defendeu que a reclamação - tipo de ação usado pela defesa de Paulo Bernardo - não poderia ser usada para "desvirtuar o sistema recursal".

O procurador-geral argumentou ainda que Dias Toffoli reconheceu expressamente a falta de cabimento da reclamação de Paulo Bernardo, mas mesmo assim decidiu libertá-lo.

Na segunda-feira, o Ministério Público Federal acusou o ex-ministro e outras 19 pessoas pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O MPF alegou que Paulo Bernardo é o responsável pela implantação de um esquema criminoso que defraudou a gestão de empréstimos consignados no Ministério do Planeamento, que desviou mais de 100 milhões de reais (27,4 milhões de euros), entre 2010 e 2015.

Ex-ministro nos governos do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da Presidente com mandato suspenso, Dilma Rousseff, Paulo Bernardo foi preso a 23 de junho, por suspeita de ter recebido 7,1 milhões de reais (1,9 milhões de euros) em subornos deste esquema, e foi solto seis dias depois.

O ex-governante também teria tido despesas pessoais e de campanhas eleitorais pagas pelo esquema de corrupção.

Se a Justiça confirmar a acusação, Paulo Bernardo será constituído arguido e julgado.

Lusa

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.