sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Dilma anuncia que se defenderá pessoalmente no seu julgamento

Reuters

A Presidente do Brasil com mandato suspenso, Dilma Rousseff, anunciou que fará pessoalmente a sua defesa no julgamento do impeachment (destituição), que começa no Senado no próximo dia 25.

Citada pelo jornal Folha de S.Paulo, Dilma Rousseff disse que "será a manifestação de uma Presidente que irá ao Senado e que está sendo julgada por um processo de impeachment sem crime de responsabilidade".

Questionada se não temia críticas e perguntas agressivas de alguns opositores que devem discursar, Dilma Rousseff explicou que não tem medo e que já suportou tensões bem maiores na sua vida.

"É um exercício de democracia", completou.

A data em que Dilma Rousseff comparecerá no julgamento ainda não está definida.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, reúne-se com os líderes dos partidos para definir os procedimentos a adotar no julgamento e deve marcar também a data em que a Presidente afastada poderá fazer pessoalmente a sua defesa.

Dilma Rousseff é acusada de ter cometido crimes fiscais para melhorar as contas públicas, atrasando pagamentos devidos aos bancos e de ter permitido gastos extras no orçamento sem aprovação prévia do Congresso, numa altura em que a meta fiscal do país já estava comprometida.

Para Dilma Rousseff perder definitivamente o cargo, pelo menos 54 dos 81 senadores devem-se manifestar a favor da sua cassação, numa uma votação que decorrerá no final do julgamento.

Se for condenada, Dilma Rousseff perderá também o direito a ocupar cargos públicos durante oito anos.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52