sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Manifestantes invadem ministério e atacam autocarro da polícia em Brasília

Movimentos sociais invadiram, na segunda-feira, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, em Brasília, capital do Brasil, e envolveram-se em confrontos com a Polícia Militar, danificando um autocarro das forças de segurança.

Fonte da Polícia Militar do Distrito Federal disse à agência Lusa que cerca de 300 manifestantes chegaram ao local bem cedo, por volta da 06:30 horas (10:30 de Lisboa), "ocuparam o terreno e quebraram a vidraça da portaria do Ministério para forçar a entrada", sendo que 150 pessoas conseguiram invadir o átrio do edifício.

Depois disso, "começou a negociação" com a Polícia Militar e os ânimos acalmaram "bastante", segundo a fonte policial.

De acordo com informações da mesma força de segurança, da parte da tarde, durante a negociação para retirar o grupo que ainda estava dentro do edifício, um outro grupo "tentou entrar novamente [no Ministério] e houve confrontos com a Polícia Militar, que teve de usar gás" lacrimogéneo.

Duas pessoas acabaram detidas por lançarem pedras partindo os vidros de um autocarro da Polícia Militar, bem como uma terceira, que foi mais tarde identificada através do circuito de segurança do local, por ter "quebrado a vidraça do prédio" durante a manhã.

Os manifestantes do Movimento Brasileiro dos Sem Terra (MBST) e da Frente Nacional de Luta (FNL) protestavam contra o presidente interino, Michel Temer, e pediam políticas públicas para os trabalhadores do campo, segundo a imprensa brasileira.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.