sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Quem é Michel Temer

Quem é Michel Temer

Tem 75 anos e é o homem mais velho a assumir a Presidência do Brasil. Aceitou o primeiro cargo público em 1964, na secretaria da educação do governo estadual de Adhemar de Barros. Em 1997 foi eleito pela primeira vez Presidente da Câmara dos deputados. Tornou-se o número dois de Dilma em 2010 e manteve-se sempre na sombra até maio deste ano.

  • Senadores vão votar direitos políticos de Dilma
    4:02

    Crise no Brasil

    Dilma Rousseff foi destituida de Presidente do Brasil. Esta decisão foi o fim de um processo que se prolongou por nove meses. Ivani Flora, correspondente da SIC no Brasil, adianta que 61 senadores votaram a favor do afastamento da Presidente e 20 contra. Os senadores vão ainda votar sobre os direitos políticos de Dilma.

  • O momento da destituição de Dilma
    0:20

    Crise no Brasil

    O impeachment foi aprovado. Dilma Rousseff é afastada da Presidência e perde, oficialmente, o mandato. A destituição foi aprovada com 61 votos a favor e 20 contra. Ainda assim, os senadores decidiram manter os direitos políticos de Dilma. a ex-presidente pode desempenhar funções públicas.Esta segunda votação teve 42 votos a favor da proibição, mas eram precisos 54. Quer isto dizer que Dilma ficou apenas impedida de prosseguir o atual mandato, podendo candidatar-se a cargos públicos. Com a destituição, Michel Temer ficará na presidência do Brasil até ao final de 2018.

  • Dilma vai recorrer da destituição
    1:20

    Crise no Brasil

    Dilma Rousseff classificou a sua destituição da Presidência da República por parte do Senado como uma farsa política e jurídica. Dilma já fez saber que vai recorrer da decisão para todas as instâncias ao seu alcance.

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.