sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Lula tenta organizar bloco para reunir partidos de esquerda

O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva está a tentar organizar a formação de um bloco de resistência ao Governo de Michel Temer com partidos de esquerda, informou a Folha de S.Paulo.

O jornal diário brasileiro destaca que na quarta-feira, enquanto Dilma Rousseff estava a ser julgada no Senado (câmara alta parlamentar), Lula da Silva teria sugerido a Carlos Lupi, presidente nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT), a composição de um bloco de oposição no Congresso.

A ideia seria criar uma organização inspirada no modelo do Uruguai que também atuaria nas eleições presidenciais de 2018.

Na prática este bloco de esquerda funcionaria como uma grande coligação com partidos, sindicatos, associações, movimentos de esquerda, intelectuais e artistas em torno de um programa.

Carlos Lupi disse à Folha que Lula a Silva não descarta o lançamento de um candidato fora da sua formação, o Partido dos Trabalhadores (PT), nas presidenciais de 2018.

O ex-Presidente brasileiro teria conversado até com altos membros do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em defesa da proposta e sugerido aos aliados uma reunião em setembro.

O PT, de Lula da Silva, sofreu a sua maior derrota com a deposição de Dilma Rousseff, mas também tem perdido espaço graças ao envolvimento de dirigentes seus em escândalos de corrupção, principalmente nos esquemas criminosos articulados dentro da Petrobras.

O próprio ex-Presidente já responde a um inquérito da operação Lava Jato, que investiga os crimes na petrolífera estatal Petrobras e pode não estar habilitado para voltar a concorrer em 2018.

O jornal brasileiro concluiu frisando que a discussão para a formação deste boco não está concluída, mas movimentos de esquerda pretendem fazer oposição cerrada a Michel Temer, empossado Presidente da República no lugar de Dilma Rousseff na quarta-feira.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.