sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Dilma vai deixar Brasília e viver em Porto Alegre

A Presidente deposta do Brasil Dilma Rousseff afirmou esta sexta-feira que vai deixar Brasília nos próximos dias e voltar a viver em Porto Alegre, sul do país, onde construiu a sua carreira política e tem a sua casa.

"Não vou ficar em Brasília, vou para Porto Alegre", afirmou Dilma Rousseff, 68 anos, num encontro com a imprensa estrangeira.

Depois de seis anos no cargo, Dilma Rousseff foi deposta quarta-feira pelo Senado por alegada falsificação das contas públicas.

"A democracia foi julgada ao mesmo tempo que eu. Infelizmente perdemos. Espero que a possamos reconstruir e que isto não volte a acontecer", afirmou Dilma Rousseff, que continua a afirmar a sua inocência e denunciou um "golpe de Estado" parlamentar feito pela oposição da direita.

Dilma Rousseff foi destituída do cargo, mas manteve os seus direitos políticos o que permite que se candidate ao cargo de deputada ou senadora.

Depois da sua destituição, Dilma Rousseff tem 30 dias para deixar o Palácio da Alvorada.

Lusa

  • Dilma já formalizou recurso para reverter a destituição

    Operação Lava Jato

    Dilma Roussef já formalizou o recurso para reverter a destituição do cargo de Presidente. Os advogados de defesa apresentaram esta quinta-feira o recurso no Supremo Tribunal Federal. Dilma solicita assim um novo julgamento e que seja anulada a sentença de impeachment ditada pela votação de mais de dois terços dos senadores esta quarta-feira.

  • Suécia conquista primeira vitória no Mundial frente à República da Coreia (1-0)

    Mundial 2018 / Suécia

    Depois de uma ausência de 12 anos nos campeonatos do mundo, a Suécia volta e começa a ganhar. Um penálti de Andreas Granqvist aos 65 minutos garantiu a vitória frente à República da Coreia na fase de grupos do Mundial. As equipas jogam pelo grupo F, onde também estão a Alemanha e o México. Veja aqui o golo e os lances da partida.

  • Combate ao terrorismo e corrupção são prioridades do novo diretor da PJ
    2:42

    País

    O novo diretor da Polícia Judiciária diz que o combate ao terrorismo e à corrupção estão entre as maiores prioridades para a PJ. Mas alerta que são precisos meios para cumprir essa missão. Luís Neves tomou posse esta manhã, depois de 20 anos ligados à investigação do crime mais violento.

  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.

  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43