sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Ministério Público diz que Lula era o "grande general" nos crimes da Lava Jato

© Paulo Whitaker / Reuters

O procurador Deltan Dallagnol, que coordena a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, disse esta quarta-feira que o ex-Presidente brasileiro Lula da Silva era o "grande general" do esquema criminoso descoberto pelas autoridades.

Em conferência de imprensa em Curitiba, o procurador afirmou que o ex-chefe de Estado era o "comandante" que "determinou a realização e a continuidade da prática dos crimes" num mega-esquema de corrupção, associado à petrolífera Petrobras.

O procurador referiu que o núcleo político está no topo da "pirâmide criminosa" do Petrolão e no centro do esquema aparece Lula da Silva.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou hoje o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a sua mulher, Marisa Letícia, Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, Léo Pinheiro, presidente da OAS, e outras quatro pessoas ligadas à mesma empreiteira.

Em causa estão crimes de corrupção activa e passiva e lavagem de dinheiro.

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.