sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Brasil perde 1,51 milhões de empregos em 2015

O Brasil perdeu 1,51 milhões de empregos formais no ano passado, segundo dados divulgados esta sexta-feira pelo Ministério do Trabalho, que dão este como o pior resultado desde 1985, quando a estatística teve início.

Os dados, da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), hoje divulgados, mostram que esta foi também a primeira vez em 23 anos que o país tem um corte de vagas de emprego formais, sendo que em 1992 foram encerrados 738 mil postos de trabalho.

"O nível de emprego formal no país apresentou uma queda de 3,05% em relação à quantidade de trabalhadores formais de 2014. Com isso, o número de trabalhadores, que era de 49,6 milhões, recuou para 48,1 milhões de postos no ano", segundo um comunicado da tutela.

Em 2014, o país terminou o ano com a criação de 623 mil empregos formais.

Os dados demonstram que "os rendimentos médios reais dos trabalhadores no mês de dezembro de 2015 sofreram um recuo de 2,56% em relação a dezembro de 2014".

"Em termos absolutos, a remuneração média dos trabalhadores passou de 2.725,28 reais [747,7 euros] em 2014 para 2.655,6 reais [728,6 euros] em 2015", segundo o comunicado.

A agricultura foi o único setor que teve um aumento no número de trabalhadores formais no ano passado, sendo os setores de indústria de transformação, construção civil e comércio os mais afectados.

Apenas os estados de Piauí, Acre e Roraima registaram um aumento no número de empregos formais, de acordo com os dados, que mostram ainda que a região mais afectada com queda de vagas foi o sudeste do país.

"Por faixa etária, os dados mostraram que a tendência de queda foi bem mais acentuada para os mais jovens, especialmente para os que possuíam entre 18 e 24 anos", de acordo com a nota do Ministério do Trabalho.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil de empatar com a Costa Rica já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.