sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Michel Temer diz que não sabia da corrupção no PT porque era vice "decorativo"

O Presidente brasileiro, Michel Temer, afirmou esta quarta-feira em Nova Iorque que não tinha qualquer conhecimento da "corrupção no PT (Partido dos Trabalhadores), porque não tinha participação no Governo, sendo apenas um "vice-presidente decorativo".

"Não sabia. Vocês sabem que eu não tive participação no Governo. Um dia eu mesmo me rotulei de vice-presidente decorativo porque eu não tinha participação. Não acompanhava nada disso", disse Temer a jornalistas.

O Presidente, que assumiu plenas funções a 31 de agosto, na sequência do polémico processo de destituição de Dilma Rousseff por irregularidades orçamentais, referia-se a uma carta que enviou à ex-Presidente no final do ano passado, onde se lamentava ser um mero "vice decorativo".

O Partido dos Trabalhadores (PT) - de Dilma Rousseff e do ex-Presidente Lula da Silva, que foi constituído arguido na terça-feira, pela segunda vez, no âmbito da Operação Lava Jato - encontra-se numa situação sensível depois de várias detenções de quadros envolvidos no maior caso de corrupção da história do Brasil, centrado na petrolífera estatal Petrobras.

Na lista de investigados no âmbito da Lava Jato, constam políticos de vários partidos, incluindo do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), de Michel Temer.

Aos jornalistas, Michel Temer respondeu ainda que não deu conta do protesto das delegações de seis países, que saíram da assembleia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) durante o seu discurso, na terça-feira.

Representantes de Venezuela, Equador e Nicarágua e a maioria dos membros da delegação da Costa Rica deixaram o plenário, enquanto os diplomatas da Bolívia e de Cuba já se tinham retirado do local antes do discurso e só regressaram depois de Michel Temer ter acabado de falar.

O processo de destituição de Dilma Rousseff dividiu a sociedade e gerou dúvidas interna e externamente, sendo que vários governos da região manifestaram publicamente o seu desagrado com o afastamento da ex-Presidente.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.