sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Milhares de manifestantes protestam contra Temer

© Nacho Doce / Reuters

Milhares de manifestantes ligados a sindicatos protestaram esta quinta-feira, em pelo menos 19 estados do Brasil, contra o Presidente brasileiro, Michel Temer, a quem acusam de querer atentar contra os direitos adquiridos pelos trabalhadores.

Segundo o portal de notícias G1, ocorreram protestos em cidades dos estados de Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

De acordo com o mesmo portal, até ao final da tarde, os organizadores contabilizaram 160 mil manifestantes em todo o país, enquanto a polícia dava conta de apenas mil, embora em muitos locais não tenha existido uma contagem.

O Dia Nacional de Paralisação e Mobilização das Categorias foi convocado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), contando com o apoio de outras centrais sindicais e dos movimentos Frente Brasil Popular e Povo sem Medo.

A maior afluência de manifestantes foi registada em Salvador, na Bahia, com cerca de 120 mil participantes, de acordo com a organização citada pelo G1, e onde esteve também a ex-Presidente da República Dilma Rousseff.

Os manifestantes protestaram contra as reformas laboral e da segurança social - cujas alterações foram entretanto remetidas para 2017 - e privatizações de empresas públicas.

O protesto envolveu também interrupções de aulas em escolas e universidades em alguns locais, bem como a paralisação temporária de transportes públicos, além de problemas no trânsito.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.