sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Advogados de Lula da Silva apresentam queixa contra juiz que interrogou ex-Presidente

© Nacho Doce / Reuters

Os advogados do ex-Presidente brasileiro Lula da Silva apresentaram uma queixa contra o juiz Sérgio Moro, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um dia antes do magistrado voltar a interrogar o seu cliente sobre um dos casos de corrupção da Petrobras.

A informação foi publicada hoje pelo jornal brasileiro O Globo, que cita parte da queixa disciplinar apresentada pela defesa do ex-Presidente.

De acordo com o documento citado pelo jornal, os advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira solicitaram que "sejam tomadas sob o regime interno do CNJ medidas para a possível imposição de sanções disciplinares" contra Sérgio Moro.

No documento, a defesa pede ainda que o juiz seja notificado para fornecer informações no prazo de 15 dias "sem prejuízo de outros procedimentos necessários para determinar a plausibilidade da acusação" de Lula.

Lula da Silva foi interrogado na quarta-feira ao longo de cinco horas por Sérgio Moro, responsável pela investigação do enredo de corrupção que operava na companhia petrolífera estatal Petrobras, num caso que se refere à alegada "ocultação de propriedade" de um apartamento de luxo no litoral do Estado de São Paulo.

O bem imobiliário aparece nos registos como propriedade da empresa OAS, uma das envolvidas no escândalo da Petrobras, mas de acordo com a acusação o verdadeiro dono seria Lula da Silva, que teria recebido o imóvel em troca de "favores" em contratos da construtora com a Petrobras.

Os advogados do ex-chefe de Estado, que tem mais quatro casos levados à Justiça por suposta corrupção, haviam pedido autorização para gravar em vídeo e áudio o interrogatório, para o que citaram os princípios da publicidade e da ampla defesa, o que foi negado por Sérgio Moro.

"Não há lugar em um estado democrático de direito para um juiz que acredita estar acima da lei", lê-se no documento enviado pelos advogados de Lula da Silva ao CNJ.

Lula da Silva, apesar das investigações de que é alvo, lidera as sondagens na corrida para as eleições presidenciais de 2018.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.