sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Seis candidatos às Presidenciais no Brasil envolvidos na Operação Lava-Jato

Paulo Whitaker

A operação anti-corrupção Lava-Jato, no Brasil, atinge outros cinco candidatos às presidenciais de outubro, para além do antigo Presidente Lula da Silva.

O atual Presidente da República, Michel Temer, recandidato pelo Movimento Democrático Brasileiro, foi citado 43 vezes na investigação aos subornos pagos a políticos pela construtora Odebrecht e é investigado noutras operações.

O antigo presidente Collor de Mello é réu da Lava-Jato desde agosto por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Militante do Partido Trabalhista Cristão, Collor é pré-candidato à presidência desde janeiro.

Marina Silva, que já foi candidata presidencial noutras eleições e que agora concorre pelo partido Rede Sustentabilidade, está a ser investigada por ter beneficiado de uma doação de campanha não declarada.

O juiz sérgio Moro, que lidera a operação Lava-jato, investiga ainda subornos pagos ao candidato do Partido da Social Democracia Brasileira, Geraldo Alckmin e a outro pré-candidato, Rodrigo Maia, do partido "Democratas", que terá recebido financiamentos ilícitos da construtora Odebrecht.

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57