sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Duarte Cordeiro novo diretor da campanha do PS após demissão de Ascenso Simões

António Costa nomeou o vice-presidente da Câmara de Lisboa, Duarte Cordeiro, como novo diretor da campanha socialista às legislativas de outubro após a demissão de Ascenso Simões.

Arquivo SIC

O socialista Ascenso Simões decidiu cessar as funções de diretor de campanha do PS, anunciou o próprio numa mensagem pública na sua conta do Facebook.

"Acabei de informar o secretário-geral do Partido Socialista da minha decisão de cessar as funções de diretor de campanha. Quem é responsável por uma máquina deve assumir todas as falhas que ela demonstra, deve tirar ilações de tudo o que, publicamente, se reconhece como erro", escreveu Ascenso Simões.

Nos últimos dias têm-se sucedido polémicas com os cartazes de campanha do PS.

Num dos casos, vários cartazes do PS para ilustrar o lado pessoal do desemprego foram contestados pelas pessoas que aparecem nos 'outdoors' e que afirmam não terem dado autorização para a sua cara ser usada naquela campanha, acrescentando que as histórias a que são associados não correspondem à verdade, segundo noticiou o Observador.

"Tenho um passado que não quero manchar, tenho pelo meu partido de mais de 35 anos um dever de lealdade. E tenho pelo meu país o respeito de sempre ter feito política assumindo todas as responsabilidades de a fazer com elevação e com decência", afirmou Ascenso Simões.

"Fico agora mais livre para ser um simples militante que tudo vai fazer para que o PS se consagre como uma verdadeira força de progresso e de modernização da economia portuguesa", acrescentou o dirigente, que será o cabeça de lista do PS, nas próximas eleições legislativas, pelo distrito de Vila Real.

Com Lusa

  • Filhos do ex-embaixador do Iraque acusados um ano e meio depois,
    2:51

    País

    O Ministério Público deduziu acusação contra Haider e Ridha, os filhos do antigo embaixador iraquiano em Portugal por tentativa de homicídio. Mas há dúvidas de que o julgamento se realize, uma vez que os agressores já não estão Portugal. Tudo aconteceu em agosto de 2016 em Ponte de Sor.

  • Investigação à tragédia de Pedrógão concluída
    1:10
  • Alternativas para vender a sua casa
    8:58