sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

PSD e CDS-PP juntos na Festa do Pontal este fim-de-semana

Pela primeira vez, PSD e CDS-PP juntam-se este ano na tradicional Festa do Pontal, com a coligação Portugal à Frente a eleger o calçadão de Quarteira (Algarve) como palco para uma 'rentrée' conjunta.

Lusa

A menos de dois meses das eleições legislativas de 04 de outubro, a tradicional 'rentrée' social-democrata contará assim com a presença dos líderes do PSD, Pedro Passos Coelho, e do CDS-PP, Paulo Portas, que "dividirão" o palco para os primeiros discursos depois das férias.

Antes de Passos e Portas falarão ainda os líderes das distritais e das concelhias de Loulé, o cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP, o independente José Costa Barros, e da primeira candidata do CDS-PP, Teresa Caeiro (número três da lista).

No ano passado, o primeiro-ministro e presidente do PSD deixou no Pontal um desafio ao PS, afirmando que o PSD estaria disponível para acordar uma reforma da Segurança Social com o PS antes das eleições de 2015.

"Está na altura de dizer ao PS que estamos disponíveis antes das eleições para firmar uma reforma da Segurança Social que tenha o contributo do PS, dado que este é um problema nacional", desafiou Passos Coelho, numa altura em que os socialistas estavam em campanha para as diretas, que opunham o atual líder do PS, António Costa, e o então secretário-geral do partido, António José Seguro.

Um ano depois, e sem qualquer acordo para a reforma da Segurança Social, Passos Coelho e Paulo Portas sobem ao palco com os olhos postos em outubro, com discursos que terão por certo como alvo principal o PS e António Costa.

A Festa do Pontal realizou-se pela primeira vez há 38 anos, em agosto de 1976, altura em que decorreu no Pinhal do Pontal, junto à Ria Formosa, em Faro, e chegou a contar por duas vezes com a presença do fundador e primeiro líder do partido, Francisco Sá Carneiro.

Após um interregno de sete anos, a festa foi retomada em 2005.

A primeira vez que Passos Coelho foi à Festa Pontal como líder do PSD foi em 2011, dois meses depois de ter chegado à chefia do Governo, após a vitória nas legislativas de junho desse ano.

Lusa

  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38