sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

PS escolhe "pai do SNS" António Arnaut para mandatário nacional

O secretário-geral do PS vai apresentar sexta-feira o mandatário nacional para a campanha das eleições legislativas de 04 de outubro, António Arnaut, o socialista tido como "o pai do Serviço Nacional de Saúde", anunciou hoje o PS.

Através do jornal Ação Socialista, António Costa é citado afirmando que o histórico militante n.º 4 é "um símbolo da defesa dos serviços públicos, contra a ofensiva da direita para privatizar a Saúde, a Educação e a Segurança Social".

António Arnaut, advogado e escritor de 79 anos e que já manifestou apoio ao candidato presidencial Sampaio da Nóvoa, foi diversas vezes deputado, incluindo na Assembleia Constituinte, e até vice-presidente da Assembleia da República.

Como ministro dos Assuntos Sociais do II Governo Constitucional, liderado por Mário Soares, foi o autor da legislação que viria a dar origem ao atual Serviço Nacional de Saúde, nos últimos anos da década de 1970.

Arnaut foi também presidente da Liga Portuguesa dos Direitos do Homem, pertenceu ao Conselho Superior de Magistratura e grão-mestre da loja maçónica do Grande Oriente Lusitano.

António Costa visita sexta-feira, pelas 11:00, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, reunindo-se em seguida com os candidatos a deputados pelo PS, antes da apresentação formal do seu mandatário nacional, pelas 15:00, num hotel da "Cidade dos Estudantes".

Lusa

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.