sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

CNE discute voto de Sócrates e jogos de futebol nas legislativas

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) realiza hoje uma reunião plenária para discutir, entre outros assuntos, a forma de votação de José Sócrates e a realização de jogos da I Liga de futebol no dia das legislativas.

Vista da casa onde o ex-primeiro-ministro, José Sócrates, se encontra em prisão domiciliária

Vista da casa onde o ex-primeiro-ministro, José Sócrates, se encontra em prisão domiciliária

JOSÉ PORFÍRIO/LUSA

O porta-voz da CNE, João Almeida, confirmou à Lusa que se trata de uma reunião plenária ordinária, "como costuma haver todas as terças", e que a questão de como votam as pessoas que estão em prisão domiciliária "é uma situação que não está expressa na lei e que não é corrente".

João Almeida disse que só se lembra de um caso de pedido de voto de uma pessoa em prisão domiciliária nos últimos anos.

O ex-primeiro-ministro José Sócrates está desde sexta-feira em prisão domiciliária vigiado por agentes da PSP.

Quanto à realização de jogos de futebol do Benfica, FC Porto e Sporting no dia das eleições, João Almeida afirmou que a Liga de Clubes já informou a CNE das razões para a escolha do dia 4 de outubro.

A CNE desaconselha eventos do género nestes dias, pois, para além de poderem contribuir para a abstenção, podem causar "problemas sérios devido à proximidade dos jogos às assembleias de voto", defendeu João Almeida.

Benfica, FC Porto e Sporting vão jogar na sétima jornada da I Liga portuguesa de futebol a 4 de outubro, a primeira vez que tal acontece em dia de eleições para a Assembleia da República.

Lusa

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.