sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Ana Avoila quer que dia de eleições seja um dia de luta

A coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, Ana Avoila, apelou hoje aos trabalhadores do setor para que transformem o dia das eleições legislativas, 04 de outubro, num dia de luta contra os partidos que os têm prejudicado.

"Os trabalhadores devem fazer do dia 04 de outubro um dia nacional de luta dos trabalhadores. O voto é uma forma de luta contra quem nos tem feito mal e contra quem nos quer fazer mal", disse a sindicalista à agência Lusa.

Ana Avoila lembrou que os trabalhadores da função pública e as suas familias totalizam quase dois milhões de eleitores, que podem contestar, através do voto, as políticas que têm sido aplicadas na administração pública.

"Não podemos aceitar que continuem a tratar-nos mal", disse, acrescentando que os programas eleitorais dos partidos do Governo e do PS "pouco têm relativamente à situação dos trabalhadores da Administração pública".

A coordenadora da Frente Comum apresentou hoje um documento com as "linhas gerais para a construção da proposta reivindicativa comum para 2016", que deverá ser aprovada em cimeira de sindicatos a 21 de outubro e posteriormente apresentada ao futuro Governo.

A Frente Comum reivindica a reposição imediata dos salários e pensões, com cortes desde 2011, e um aumento salarial de 4% para 2016, que garanta pelo menos um acréscimo de 50 euros a todos os trabalhadores.

A Frente Comum reivindica ainda o aumento do subsídio de refeição dos atuais 4,27 euros para os 6,50 euros e a atualização das restantes matérias pecuniárias em 4%.

A reposição do pagamento do trabalho extraordinário nos anteriores valores e do horário semanal de trabalho nas 35 horas são outras das exigências da estrutura sindical da CGTP.

Ana Avoila defendeu ainda a necessidade de revogação da legislação que tem agravado a situação dos funcionários públicos, nomeadamente a que instituiu o regime de requalificação.

O fim da precariedade na administração pública, a reposição da aposentação com 36 anos de serviço e 60 de idade sem penalizações e a revogação da sobretaxa são também reivindicadas pela Frente Comum.

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.