sicnot

Perfil

Novo Governo

Disponibilidade para Consenso

Disponibilidade para Consenso

Com vista as eleições do dia 4 de outubro, importa saber qual é a disponibilidade para consenso que têm quer Pedro Passos Coelho, quer António Costa. O líder da coligação "Portugal à Frente" diz que espera "que seja possível um entendimento sobre a Segurança Social depois das eleições" e o Secretário-Geral do PS afirma que "a Segurança Social precisa de medidas para assegurar a sustentabilidade".

  • Política e Confiança
    13:08

    Novo Governo

    O debate entre Pedro Passos Coelho e António Costa com vista as eleições de 4 de outubro começou sob o tema "Política e Confiança". Para o líder da coligação "Portugal à Frente", "se não formos capazes de ter estabilidade e confiança, a esperança não aparecerá", enquanto que o Secretário-Geral do PS ataca dizendo que "o Doutor Passos Coelho não cumpriu no Governo aquilo a que se comprometeu na campanha".

  • A sustentabilidade da Segurança Social
    4:37

    Novo Governo

    Pedro Passos Coelho e António Costa são os protagonistas de um debate que, com eleições "à porta", interessa a todos os portugueses. Assim como um dos temas discutidos: a sustentabilidade da Segurança Social. Para Passos "um cidadão tem de ter a garantia que o Estado vai fazer a reforma que lhe garanta a pensão". Já Costa ataca o líder da coligação "Portugal à Frente" dizendo que "quem o ouve dizer que não vai cortar pensões, recorda-se de si há quatro anos".

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.